Acessórios de um juíz

Calculadora de Pensão Alimentícia

4.6
(25)

🧑‍⚖️ O objetivo desta ferramenta é oferecer uma estimativa para o cálculo de valores destinados ao pagamento de pensão alimentícia — que, na prática, devem cobrir as necessidades do alimentando, como alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário e lazer. O juiz é quem os define legalmente.

Como usar a calculadora de pensão alimentícia?

Para usar a calculadora de pensão alimentícia, será necessário informar a renda do alimentante no primeiro campo e o número de alimentandos no segundo campo.

Depois, clique em calcular e veja o resultado estimado do valor que deverá ser destinado a cada alimentando.

Continua após a publicidade…

Como é calculada a pensão alimentícia no Brasil?

É de conhecimento popular que os valores destinados ao pagamento de pensões alimentícias equivalem a 30% da renda dos alimentantes (a parte pagante).

No entanto, no Brasil, os valores destinados à pensão alimentícia não seguem uma regra fixa. Tudo varia muito de caso para caso.

Sendo assim, é costume que a última palavra neste tipo de processo seja dada por um juiz.

📖 Saiba mais em Pensão Alimentícia: Guia Descomplicado e Completo.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas para avaliar.

Avaliação média: 4.6 / 5. Contagem de votos: 25

Nenhum voto até o momento. Seja o primeiro a votar!

2 respostas para “Calculadora de Pensão Alimentícia”

  1. Avatar de miguel
    miguel

    Bom dia!
    eu ganho R$ 1500, Brutos.
    e mais um adicional de 44 horas extras, totalizando R$ 2015,00 Bruto e com descontos o Valor Liquido de R$ 1733,30.
    Pergunto, esse valor de horas extras entra na pensão?
    ou só o valor equivalente a R$ 1500.
    desde já obrigado.

    1. Avatar de Quero Calcular

      Olá, Miguel.

      O valor das horas extras deve ser incluído no cálculo da pensão alimentícia. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que as horas extras devem ser incluídas no cálculo da pensão alimentícia, pois têm natureza remuneratória e aumentam o patrimônio do alimentante.

      A pensão alimentícia incide sobre todas as verbas consideradas, além do salário, como horas extras, adicional de férias, adicional noturno e pagamento de feriados trabalhados.

      No entanto, alguns tribunais têm um entendimento controverso. Por exemplo, a pensão alimentícia não pode incidir sobre FGTS e verbas rescisórias, por constituírem verbas de caráter eventual e indenizatório.

      Isto não constitui aconselhamento jurídico. Recomendamos que consulte um advogado relativamente a esta questão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *